quarta-feira, junho 24, 2009

8 Necessidades

Por incrível que pareça existem sempre pontas soltas em tudo o que fazemos. Prepara-se tudo. Planeia-se o inimaginável. Prevê-se planos de contigência. Decorrido quase um ano fui agora confrontado ainda com uma ponta solta. Debaixo da torreira do sol fui ao encontro do destino. Apesar de só terem passado uns meros 7 dias para mim tinham passado já uns 8 meses... A alegria de os voltar a ter compensou o peso exercido nos meus braços... Ainda por cima desta vez foram empacotados com eficiência... Ou não tivessem vindo de onde vieram... E no meio de toda a excitação... Lembrei-me de mais 2 pontas ainda soltas... (...) Vou ter que arranjar tempo para tratar também disso!

Nenhum comentário: