segunda-feira, novembro 20, 2006

CRIPTOHISTÓRIA DE ARTE

Aprendi esta palavra muito recentemente e achei giro o seu conceito. Até porque nós (de modo naïf, de modo «primitivo») já a estamos a utilizar... Senão vejamos:

Cripto+história significa (+ ou -) a história de algo misterioso, desaparecido, desconhecido. Pelo que eu percebi é 1 termo utilizado em arte para algumas situações:

a) a existência de 1 fotografia de 1 obra de arte (pintura, escultura, edíficio, etc.) que foi entretanto destruída ou perdida, é criptohistória;

b) o conhecimento de 1 pintura (camada de baixo) que foi coberta por uma outra (camada de cima), é criptohistória;

c) o registo de 1 pintura que foi posteriormente alterada, é criptohistória.

Alguma da nossa actividade nos 3 últimos anos enquadra-se perfeitamente nesta última alínea. E passo a exemplificar com o registo fotográfico da construção de 1 imagem:

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

Esboço a carvão








Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

Aguarela de carvão








Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

Aguada de acrílico








A fase de aguarela de carvão tinha 1 encanto que se perdeu com a demão acrílica. Fico com pena de as diferentes fases anteriores à obra acabada pertencerem à categoria de criptohistória...

:(

Nenhum comentário: